domingo, 16 de abril de 2017

Minha viagem às Ilhas Canárias - Gran Canária 🇮🇨

Fala galera da Finansfera!


Recentemente fiz uma viagem para as Ilhas Canárias. Estas Ilhas são parte da Espanha apesar de estarem mais próximas ao Marrocos e ao lado do Western Sahara. 

No arquipélago, há um total de 7 ilhas habitadas que podem ser visitadas. São elas: Gran Canária, Tenerife, Lanzarote, Fuerteventura, La Gomera, El Hierro e La Palma.

Visitei recentemente 3 ilhas: Gran Canária, Tenerife e Lanzarote. Dividirei o post em 3 partes sendo uma para cada ilha e desta maneira fica mais leve e mais fácil de ler, além de facilitar as buscas no google para quem quer informações de apenas uma das ilhas.

Esta primeira parte falarei de Gran Canária.

Gran Canária é uma ilha com um vulcão no meio, então podemos considerar que é uma ilha vulcânica, se é que posso chamar assim. É um excelente lugar para viver e visitar. A qualidade de vida é extremamente alta e afirmo isso não com base em pesquisas ou leituras em blogs e sites na internet, falo isso por já ter ido lá 3 vezes e constatado. 

Interessante que não encontrei brasileiros por lá. Parece que os brasileiros visitam mais os lugares convencionais pois quando vou à Paris ou Londres praticamente não preciso falar nem inglês nem francês nas ruas porque podemos encontrar brasileiros em todos os lugares, nem vou comentar dos Estados Unidos. Mas isto foi outro fato que me chamou atenção, os brazucas precisam sair do convencional e conhecer outras belezas.

A Ilha tem um ar de férias permanente uma vez que o clima lá fica em torno de 25 graus o ano todo.  Sabe aquele lugar agradável que durante o dia faz o calor necessário e a noite aquele fresquinho para que não seja necessário ligar o ar condicionado? Então, isso é Gran Canária.

Uma coisa muito interessante que realmente me chamou a atenção foi a quantidade de idosos. Não sou pesquisador para saber o índice de idosos na ilha e tal mas não preciso ser do IBGE para ver que pelo menos mais de 50% da Ilha é composta por idosos. Pela manhã eles invadem as praias e as vias de caminhada e a tarde podemos vê-los nos cafés e passeando com cachorrinho. Fui com minha namorada e em vários lugares éramos quase os únicos jovens, chegava a ser engraçado.

Não sei precisar o número de praias na Ilha mas posso afirmar que são muitas. Em Gran Canária os lugares mais famosos são Las Palmas e Maspalomas.

Las Palmas fica ao norte da Ilha a mais ou menos 35 minutos do aeroporto e é onde considero o melhor lugar para viver parte da aposentadoria. Sim, digo parte da aposentadoria porque não quero viver todo o tempo no mesmo lugar mas acho válido passar 1 ou 2 anos na Ilha. 

Listarei aqui os pontos que visitei.


  • Praia de Las Canteras.


Em Las Palmas é o ponto mais movimentado. Excelente praia sem ondas gigantes e com grande faixa de areia com um calçadão agradabilíssimo para caminhar, correr, passear com o cachorrinho ou somente ficar sentado observando a praia. Possui também vários restaurantes e cafés. Junto a tudo isso ainda há comércio bem local com pequenas fruteiras e mercados para comprinhas. Se fosse fazer um paralelo diria que Las Canteras é uma mini Copacabana do Rio de Janeiro mas sem a preocupação com a segurança.



Bem pertinho ali de Las Canteras existe um parque chamado Santa Catalina. Um lugar bem aconchegante e arborizado com vários cafés e bancos para sentar e passar o tempo aproveitando a paisagem, conversando ou assistindo aos idosos jogarem dominó. Dá uns 15 minutos de caminhada pelas ruas cheia de comércio entre a praia e o Parque.


  • Praia com piscinas naturais



Um lugar espetacular para ficar o dia inteiro sem se preocupar com o amanhã. A água é um pouco gelada mas nada que impossibilite a entrada. Para chegar até lá você pega uma estrada por entre plantações de bananas só que a maioria dessas plantações são cobertas, provavelmente por conta do sol e vento.





  • Caldera de Bandama


Nessa minha visita fui ao Pico da Caldera de Bandama de onde podemos ver grande parte da Ilha e a cratera de um vulcão. Lugar fácil de chegar e no topo há banheiros e um ponto turístico para dar informações. Não precisa reservar várias horas na sua agenda para visitar o Pico, fui após a praia mesmo por volta das 15:30 e uma hora lá em cima tirando fotos e apreciando a paisagem é suficiente.

O caminho para chegar ao topo é muito bonito com algumas palmeiras e um grande precipício de um lado. Uma mini serra.




  • Roque Nublo


Fica no município de Tejeda e é uma rocha emblemática onde pode-se ir até ela seguindo uma trilha bem fácil. O interessante é que a área do Roque Nublo na verdade é um parque bem grande com várias trilhas. Para quem gosta de trecking é um lugar perfeito para passar o dia todo e ir de um lugar para o outro por entre as trilhas. Para aqueles que gostam de escaladas, não deixe de levar seus equipamentos pois há diversas rotas com dificuldades até nível 6. Eu costumava escalar e quando cheguei lá fiquei até empolgado mas não tinha nenhum equipamento. Quase pedi a um alemão que estava escalando para deixar eu dar uma "voltinha" com o equipamento de escalada dele mas achei melhor não.




  • Praia de Maspalomas


É um lugar muito conhecido por ser o mais badalado da Ilha. É por aqui que a diversão, para aqueles que gostam de balada, acontece. Também é uma praia bem grande com uma extensão de areia imensa e estrutura de cadeiras e quiosques por perto. Há um grande problema aqui, venta forte e isso incomoda quem quer ficar na praia tomando sol.

Junto da Praia há uma área reservada ao nudismo. Ela fica atrás das dunas então quem quiser ver os peladões, basta escalar um pouco as dunas e apreciar a vista, só que não. Lembram que falei que a Ilha tem mais de 50% de idosos? Então, já dá pra imaginar né. Sem contar que é um lugar bem liberal, então, homossexuais estão por toda parte. 


  • San Agustin e Praia dos Ingleses

Dois lugares bem próximos a Maspalomas com muito comércio e hotéis. No entanto, para quem quer curtir praia, ficar deitado na areia pegando um sol e tomando um banho de mar, não é a melhor opção pois venta intensamente o que inviabiliza estender uma canga e se largar para ficar lagarteando ao sol. 

O acesso é fácil sendo feito pela rodovia GC-1. Para os mais aventureiros, há bastante lugar para estacionar um motorhome e curtir o local sem pagar hospedagem, este tipo de aventura é muito comum na região. Ótimo lugar para prática de windsurf e Kitesurf.



  • Pozo Izquierdo


Não é propriamente uma praia para banho de turistas mas, se quiser, tem lá seu canto. Esta praia é especial e muito boa para os praticantes de esportes aquáticos como Windsurf e Kitesurf. Por lá existem várias escolas destes esportes e você pode agendar um pacote de aulas e começar a aprender durante sua viagem mesmo. 

Dá pra ficar algumas horas observando a quantidade de pessoas entrando e saindo da água com seus brinquedinhos. O lugar é super agradável mas se quiser aprender algum esporte por lá é melhor estar preparado para enfrentar a água gelada! Há junto com o curso o aluguel de roupas de neoprene mas, se possuir a sua própria, leve e economize essa grana. 

Do tempo que fiquei lá observando e tirando fotos não vi nenhuma alma viva entrar na água sem neoprene. Não tem infraestrutura de alimentação, então,  é interessante levar seu cooler com aquele lanche dos heróis. 


Ah, lembra que falei sobre os idosos? Sim, novamente eles dominam até esta região. Muitas pessoas aparentemente com idade acima de 45 anos fazendo windsurf e kitesurf. Realmente eles sabem aproveitar a aposentadoria.


  • Tejeda.

Pense em um lugarzinho aconchegante?! É a cidadezinha de Tejeda no alto da montanha. Por lá há vários restaurantes e cafés onde você pode fazer suas refeições e apreciar a vista. Pegando uma estrada sinuosa como uma serra deve ser, você chega à Tejeda, estaciona pode dar uma voltinha a pé.

Lá fica uma doceira famosa chamada Doceria Nublo. Várias pessoas sobem a serra no fim de semana para fazerem lanche por lá, especialmente grupos de motociclistas. Vale a pena a visita. 

Bom, finalizando tenho a dizer que Gran Canária é um excelente lugar para visitar e morar. Pode ficar um mês inteiro lá que sempre terá algo novo pra fazer e algum lugar legal pra conhecer e aproveitar. Poderia falar muito mais sobre cada detalhe que eu vivenciei, poderia falar sobre os restaurantes, sobre os cafés, sobre os hotéis pois fiquei em dois hotéis diferentes mas aí o post fica grande demais. Resumindo, visite Gran Canária.

Por enquanto é só pessoal.

Abraço!





segunda-feira, 10 de abril de 2017

Como configurar o Interactive Brokers para operar em Bonds, o "Tesouro Direto Americano"

Fala galera da Finansfera!


Resolvi fazer este post rapidinho para responder ao camarada Zippo 57 que me fez uma pergunta no post Transferência e Home Broker IB: Veja como é o Home Broker do IB e como fiz a transferência

O interessante é que hoje mesmo eu estava fuçando mais o site do IB então  pude achar as informações mais fácil. Além disso o amigo Viver de Dividendos estava justamente colocando suas ideias sobre custos na resposta de um comentário que fiz no post dele que pode ser encontrado aqui.

Convido a todos a lerem o post e principalmente os comentários pois é onde julgo haver bastante informação de qualidade mas para facilitar a leitura deste post, vou copiar o comentário dele.

Zippo 57:
BPM, eu fiquei interessado na IB pois existe a possibilidade de negociar Bonds de empresas e do Tesouro. De acordo com um FAQ deles:
https://www.interactivebrokers.com/en/?f=%2Fen%2Fgeneral%2Feducation%2Fhdi_bonds.php
How do I trade Bonds ?
... It's important to note that you must upgrade your trading permissions to include Fixed Income and subscribe to US Bond Data before you will be able to trade any bond instruments, and subscribe to Moody's Ratings to trade municipal bonds.
Se voce pretende adquirir bonds na IB poderia nos passar quanto custa fazer o "upgrade" para poder negociar Renda Fixa e também o que é essa "assinatura" de "US Bond Data" ?
Outra questão, custos. No site da IB na parte de "pricing"
https://www.interactivebrokers.com/en/index.php?f=13869
tem referencia que o custo mensal é de USD20.00 só que em letras miúdas, no fima desta página tem a informação:
... All costs assume customer has a minimum of $100,000 in assets with broker. *Occasional Trader: 6 stock and 2 options trades per month. ...
Como vc não tem 100K (ainda, :-) ) como estão seus custos qto é o valor efetivo de custódia e de transação que a IB cobra ?
Obg. Um abc

Para negociar Bonds é muito simples. Na hora que você abre a conta tem a opção para escolher os tipos de produtos quer utilizar mas mesmo depois você pode mudar estas opções, basta seguir o caminho indicado no próprio comentário. Para facilitar capturei as telas.

Após fazer o login em , vá em Manager Account - Trader Configuration - Permissions 


Em seguida aparecerá a tela com os países com os quais você pode negociar e a partir de então é só selecionar os produtos que deseja.

Alerta: O IB é muito inteligente e lá fora a coisa é muito mais séria que no Brasil então se habilitar certos produtos como opções, ele vai te questionar quanto ao tempo que você está no mercado e qual a sua experiência. Vai fazer você atestar que possui mais de 2 anos de experiência ou então você pode fazer um tipo de teste para afirmar que entende do assunto. Preste atenção ao que for fazer e não seja aventureiro.




Após selecionar os produtos, basta continuar seguindo a tela e finalizar a configuração.


Pronto! Já está configurado para operar Bonds e para isso não há nenhum custo.


Quanto aos custos da conta, este são os aplicados a nós pequenos investidores.


Quando comprei ações da BRK.B e da CVS foi cobrado apenas U$ 1,00 por ordem. Este valor vai descontado dos U$ 10,00 mensal, ou seja, se você fizer 5 ordens fica como se pagasse U$ 5,00 de corretagem e U$ 5,00 de custódia.

Em outro post vou falar sobre o Portfólio Analysis do IB.

Por fim gostaria de dizer que sou um aprendiz e que se alguém tiver informações mais precisas e melhores que por favor compartilhe conosco. Minhas análises podem conter erros.

Espero ter respondido não só ao amigo Zippo 57 como também a qualquer um que por ventura tivesse a mesma dúvida.

Por enquanto é isso galera!

Abraço a todos!










sábado, 8 de abril de 2017

Viajar é muito mais barato do que você pensa

Fala galera da Finansfera!





Sempre tive muita vontade de viajar o mundo todo conhecendo lugares incríveis que quando criança só via na televisão e não imaginava como fazer para chegar até lá e foi a partir daí que comecei a querer entender como viajar para o exterior. 

Lembro bem que uma vez aos 8 anos de idade uma amiga da família foi para os EUA e casou com um americano e tempos depois foram visitar o Brasil. No momento em que ví o americano falando somente em inglês vindo diretamente dos EUA eu fiquei imaginando na minha cabeça alguém vindo de outro planeta. Verdade isso, minha imaginação como no Fantástico Mundo de Bob, para àqueles que assistiram o desenho, imaginei uma pessoa vindo de outro planeta.

Bom, o fato é que só consegui fazer minha primeira viagem ao exterior em 2011 e para onde foi? Claro, Miami e Orlando. Visitei 5 parques do complexo da Disney e alguns lugares em Miami. Fiz algumas compras de roupas, perfumes e tênis bem ao estilo brasileiro que vai desesperadamente para os EUA para consumir.

Passado essa euforia da primeira viagem ao exterior comecei a estudar e planejar várias outras que vou contando ao longo do tempo aqui e publicando na página Viagens. Mas o que quero falar agora é sobre os custos para viajar.

Muitas pessoas acham que eu sou extremamente milionário só pelo fato de conhecer vários lugares. A bem da verdade é que existem muitas dicas para viajar gastando pouco. O que acontece geralmente é que muitas pessoas pensam em viagem como algo para fugir da rotina de modo que para viajar você tem que sair do usual e gastar muito. Pensam logo em hotéis caríssimos, carrões, compras e mais compras. Viajar não é exatamente isso. 

Após algum tempo viajando por aí eu me fiz uma pergunta. O que diferencia os habitantes locais de mim quando estou em algum lugar? O que quero dizer com isso? Se um habitante local acorda, toma café em casa, vai ao mercado, economiza no dia a dia, o que me faz pensar que eu como turista não posso fazer o mesmo? Desta maneira eu passei a viajar muito mais, com conforto e economizando bastante.

Uma dica que passo e sempre faço em minhas viagens e saber escolher bem o hotel. Por exemplo, se vou viajar por 20 dias eu faço o roteiro começando pelo local em que eu vou andar mais e me cansar mais. Desta maneira eu não preciso de um mega hotel pois não vou ficar nele então posso escolher um lugar bem localizado, o que me faz economizar em deslocamentos, e seguro podendo ser muitas vezes três, duas estrelas ou até mesmo um Hostel. 

Quando fui à Washington eu parti de NY deixando a mala na casa de um amigo, levei só uma pequena mala de mão e fiquei 3 dias andando o dia todo, neste caso me hospedei em um bom Hostel. Café da manhã eu tomava no Starbucks.

Quando fui às Cataratas do Niágara eu comprei uma excursão de ônibus cheio de chineses, saindo de ChinaTown em NY, que já incluía hospedagem e guia, sendo assim economizei bastante e conheci um lugar espetacular.

Um Avant-premiére sobre Niagara Falls


Já se estiver no fim da viagem escolho um lugar mais tranquilo para ir e geralmente pego um hotel melhor como um quatro estrelas e até mesmo um SPA ou Resort, neste caso pago um pouco mais para relaxar.

Falando de como viajar gastando pouco temos diversos sites e blogs onde podemos obter muitos relatos e informações bem legais. Farei um post específico sobre isso mas hoje quero mostrar um site bem legal que eu sigo, chama-se:

Price of Travel


Este site tem muita informação legal com preços bem camarada para mochileiros principalmente. Nele há vários post fazendo um ranking entre lugares distribuídos por continente, pais, preços e demais filtros.

136 World cities ranked cheapest to most expensive: Backpacker Index for 2017


Aqui vocês podem ver os lugares mais baratos no mundo para viajar considerando o seguinte, por dia:
  • Uma cama do dormitório em um albergue bom e barato;
  • 3 refeições;
  • 2 passeios de transportes públicos;
  • 1 atração cultural paga; e
  • 3 cervejas baratas (como um "fundo de entretenimento").

Assim ele lista os lugares mais baratos com dignidade. Você não precisa passar fome para conhecer um lugar muito menos esbanjar como nos filmes. Pense como se você estivesse passeando pela sua cidade. Você não gasta milhões quando está na sua cidade nos finais de semana indo comer em restaurantes caríssimos nem fazendo compras o tempo todo, então encare uma viagem para outro lugar da mesma forma.

O interessante de ver nesta lista é que os lugares mais baratos para viajar estão, em sua maioria, na Ásia. Lugares lindos que estão sendo descobertos agora pelos brasileiros como Tailândia, Laos, Vietnã, Mianmar, e Malásia dentre outros.

Imagina passar o dia inteiro passeando, com alimentação paga e 3 cervejas por menos de 60 reais por dia? Pois isto é possível no Nepal. Se você for ao shopping e fizer uma lanche com cinema já vai gastar 15 de estacionamento, 40 no lanche e 30 na sessão de cinema sem considerar uma pipoca de 25 além do lanche. Daí podemos tirar a lição de prioridades na nossa vida.

Neste ranking o Rio de Janeiro está na 75ª posição, ou seja, é muito mais barato conhecer outros lugares do que o Rio de Janeiro, principalmente para quem não é do Estado e precisa comprar passagem que muitas vezes quase beira o preço de uma passagem ao exterior.

Como sobre viagens tenho muita coisa a falar vou tentar ir comentando aos poucos para não me perder nem para ficar maçante demais. 

Em cada post que eu for publicando vou dando mais dicas de como viajar economizando e gastando pouco. Darei vários dos meus exemplos bons e ruins além de fazer avaliações de alguns lugares os quais já fiquei tendo gostado ou não.

Abraço a todos!



terça-feira, 4 de abril de 2017

Fechamento Março de 2017

Fala galera da Finansfera!




Vamos ao fechamento do mês de março.

Este mês não tive grandes ganhos, muito pelo contrário meu rendimento deu uma baixada por conta dos FII que tiveram uma desvalorização.

No fim do mês iniciei as compras no exterior. Como a maioria deve saber quero começar com ETF mas .... comecei com ações. Não sei explicar porquê mas acabo me interessando bastante por ações talvez por ser mais dinâmico. Minha estratégia em ETF continua de pé a diferença foi que comecei com ações pois minha carteira no exterior vai ter uma porcentagem em ETF e outra em ações só não defini o quanto ainda.

Fazendo um resumão do mês tive:


  • Ações - Apesar de ter comprado um pouco de ITSA3 terminei o mês com dinheiro na conta, o que fez a rentabilidade total, pois ainda estou aguardando pra ver se aumento posição no que tenho ou se entro em EGIE3 ou WEGE3. Minha carteira está concentrada em finanças e consumo cíclico quero colocar algo diferente nela. Destaque positivo para Grendene que subiu mais de 13%. Recebi também bons dividendos e JCP de BBSE, ITUB e CIEL.
  • FII - Este mês não comprei nenhuma cotinha e apesar de os alugueis estarem normais o valor das cotas deram uma boa reduzida o que eu já esperava. Destaque negativo para EDGA que pagou bem pouquinho mas o que não me abala. As maiores quedas foram em BCFF e TRXL.
  • TD - Vencimento de um título SELIC (por isso aparece negativo) e a grana já fica na conta da corretora mesmo para comprar outra coisa, nem considero aporte pois há somente uma troca de tipo de investimento. Provavelmente comprarei FII ou ações pois é certo que TD não compro agora.
  • Poupança - O valor que eu tenho na corretora para realizar as compras estou considerando como poupança então teve um salto absurdo mas já já eu zero ela. Assim que der uma aliviada em alguns indicadores que estou esperando já entro comprando e gasto essa grana logo.
  • CDB - Nada de compras por enquanto e os que tenho deram bons rendimentos neste mês. De olho no Banco BMG que ainda tem alguns CDB interessantes.
  • Debêntures e CRI - Sem novidades. Bons rendimentos nas debêntures que possuo e o CRI pagando normalmente. É a primeira vez que estou investindo neste tipo e é bom ver que é estável, pelo menos até agora então, pra quem quer uma segurança na renda fixa e quer dar uma  leve arriscada pra aumentar a rentabilidade, vale a pena apesar que segurança aumentando rentabilidade na renda fixa soa meio estranho.
  • LCI - zzzzzzzz, dá até sono. Paradinha lá rendendo bem mas esse é com vencimento para junho pois fiz com 6 meses para a compra do carro.
  • Stock - Vou chamar assim as ações compradas no exterior. Comecei comprando CVS e Berkshire. Como falei em post específico aqui, fica difícil escolher empresas lá fora pra B&H pois muitas delas já são seculares e tem excelentes desempenhos. 

Seguem as %.


Por enquanto é isso pessoal, mais detalhes colocarei na página " Carteira"


Abraço a todos!












quinta-feira, 30 de março de 2017

Investimentos nos exterior: Compra de Berkshire BRKB

Fala galera da Finansfera!


Em 3 de abril de 2017, a Buffett Berkshire Hathaway (BRK.B) receberá US $ 148 milhões em dividendos de suas 400 milhões de ações da Coca-Cola (KO). Isso resulta em cerca de US $ 1,644 milhões em renda de dividendos por dia, US $ 68,500 dólares em renda de dividendos por hora, US $ 1142 dólares em renda de dividendos para Berkshire Hathaway a cada minuto, ou quase US $ 19,03 cada segundo. Essas ações têm uma base de custo de US $ 1,29 bilhões de dólares, e foram adquiridas entre 1988 e 1994. Isso sai para US $ 3,25 / ação. O pagamento anual de dividendos produz um rendimento sobre o custo de mais de 45,60%. Isso não pressupõe reinvestimento de dividendos e é 4-5 vezes maior do que o que os investidores em Treasuries US de 30 anos estariam ganhando hoje. 
Com este pequeno texto que extrai da internet pesquisando sobre a Berkshire que anuncio a compra de algumas ações dela. Pretendo dar uma boa engorda na minha carteira com BRKB mas tenho que começar com pouco. Existe também a BRKA mas essa custa mais de 200 mil dólares pois nunca foi desdobrada. Acho que ter uns 3 ações tá bom né, coisa pouca na carteira, apenas 3 BRKA.

Não vou ficar falando que ela começou na Inglaterra, que possui trocentas empresas, que grande parte dela é composta por seguradores e bla bla bla porque isso vocês podem ver no google, então só falarei das minhas impressões.

Faz tempo que vinha estudando sobre ela e não tenho dúvidas que a ação é um excelente negócio para longo prazo pois ela não paga dividendos e reinveste os recebidos. Já tinha lido sobre ela no Investidor Internacional aqui e aqui, também já li ela no site do Frugal quando ele comprou, já no site do Viver de Dividendos, se fizer uma pesquisa sobre Berkshire vai ver como ela já foi citada várias vezes mas salvo engano ela não faz parte da carteira dele, VDD, fique à vontade para tecer comentários (ou se explicar kkk) do por quê você não tem BRKB na sua carteira. Tenho certeza que os amigos Termos Reais e O Aportador  têm algo a falar sobre ela.

Bom, só com essa galera de peso que citei vocês já pode ver que a empresa é boa mas fui buscar um pouco mais dela e vi que a Vert Inc. que é um site que classifica ações, elevou a BRKB recomendando compra no momento. 

Quanto ao preço "justo" encontrei opiniões divergentes, alguns acham que é 183, outros 192 e até 197 já vi comentarem mas o importante é que todas as opniões mostram preço acima do que é hoje. Em contra partida se analisarmos a média de 52 semanas vamos ver que hoje o preço está quase no topo mas a euforia do mercado tem elevado o preço de todas as ações e além do mais para Buy & Hold, o preço não é o mais importante.

Mas qual é a preocupação que podemos ter com a Berkshire? Bom na verdade a maior preocupação é se a empresa vai continuar com a mesma performance após Buffet e Munger passarem para o oriente eterno, ou seja, o risco maior é se os investidores e as empresas confiarão no sucessor tanto quanto nos criadores. Bom, isto é um risco a correr uma vez que todo tipo de investimento tem algum risco. Traçando um paralelo com a Apple que não morreu com Steve Jobs, espero que a Berkshire também não morra, pelo menos não antes de mim.

Por enquanto é isso.


Abraço a todos!